Disciplina Financeira

Posted on 27 de julho de 2010 por

0


Ao contrário do imaginário popular a grande maioria dos Business Angels não são ultra ricos. Não sei as estatísticas, mas eu diria que os anjos mais ativos estão sobre o limite (no Reino Unido, £ 250.000 de ativos excluindo sua casa). Os anjos mais “saudáveis” tendem a investir, seja através das empresas de capital de risco ou criando escritórios próprios para investimentos.

Os níveis de investimento anjo são altamente sensíveis as cotações da bolsa e as variações do mercado imobiliário.  grande parte da riqueza dos anjos estarão nestes ativos de modo que quando esses preços estão altos, os anjos se sentem mais ricos.

Apesar dessa “sensação de riqueza” os anjos têm que ser muito cuidadosos sobre como investir, uma disciplina que tive de aprender, da mesma forma que o Reino Unido está aprendendo a reduzir a sua dívida.

Há efetivamente duas contas bancárias que eu tenho que usar, uma conta de capital e uma conta corrente. Angels tem despesas para viver e se colocam em uma situação perigosa caso começem a mergulhar em seu investimento o dinheiro para as despesas do seu dia-a-dia. Isso é muito mais perigoso do que quando você começar a usar o dinheiro destinado para o seu dia-a-dia em despesas para fins de investimento anjo (como eu fiz há dois anos!).

Agora decidi quebrar algumas regras de ouro que acercam o investimento. Até agora, já investi em mais de 27 negócios e não irei investir nenhum “dinheiro fresco”  até que alguns desses acordos começem a me dar o retorno esperado(eu ainda estou no ativo em 11 empresas no momento). Apenas os fundos destes negócios será reinvestido. Caso contrário, você estará preso na ilusão de um bom dinheiro perseguindo o ruim. (Esteja interessado em outras opiniões de ajos também).

A outra questão  que pode gerar confusão nas pessoas  quanto aos business angels, é que os anjos precisam ainda ganhar algum dinheiro (como todos nós). Precisam também saber gerar lucro para outros que estejam envolvidos no investimento.

Essas duas questões estão relacionadas. Eu não quero parecer negativo, mas se você tem alguma experiência em negócios e tem investido em empresas, você deverá  receber solicitações de muitas pessoas que desejam conhecê-lo e escutar o que diz a sua experiência. É uma coisa boa e eu tento tirar algum tempo para isso. O problema é quando você gasta muito tempo sobre isso e suas atividades de negócios sofrem. Infelizmente, eu ainda estou na fase em que preciso de renda para cobrir despesas e por isso a necessidade de racionar o tempo que posso disponibilizar para estar “livre”. Eu também percebi que as empresas tendem a se beneficiar mais com meus conselhos e tempo quando cobro por ele!

Artigo retirado e traduzido do site: http://www.businessangelblog.com/